Lanches, queimação e dinheiro

Quando dá determinadas horas do dia costumo sentir um pouco de queimação no estômago, uma vez falei isso pra uma médica em um exame periódico do trabalho (médica bem simpática a propósito, não gosto muito de médicos). Ela me recomendou a comer mais vezes durante o dia. Quase sempre faço isso, tomo café da manha em casa por volta de 6:30 e faço um lanche as 9:30 e normalmente almoço meio dia. Ainda faço um lanche a tarde, mas nem sempre. As vezes me distraio com o trabalho e não me lembro de comer. Isso resolve o problema da queimação.
Hoje, por exemplo, de manhã tomei café com leite e comi o último pedaço de bolo que tinha em casa. Por volta das 10 horas senti que tinha bebido um pouco de magma (exagerado, eu?!). Fui à padaria aqui perto e comprei 2 pães franceses (a nacionalidade é meramente ilustrativa) e 100g (94g pra ser exato) de mortadela. O engraçado é q mulher do balcão da padaria q me atendeu usava uma luva de plástico para manipular a mortadela e a mesma luva para manipular a máquina que corta, a gaveta do freezer, e a gaveta do papel em que ela embrulhou a mortadela. Ela colocou o papel em cima da balança e ele não estava centralizado, ela o arrumou com a outra mão, sem o plástico. Assim, abriu a mão e pressional o papel com a mão aberta no lugar que colocaria a mortadela fatiada. Há muitas inconsistências nesse ato… Bem, paguei R$ 1,20 por 2 pães e 4 fatias de mortadela. Logo depois passei em um sacolão (onde se vendem legumes, frutas e verduras) e comprei um tomate e uma cebola pequenos. Custaram R$ 0.40 e o vendedor estranhou eu recusar a sacola plástica (que estão proibidas em BH, mas aqui é Betim…) e colocar tudo junto na sacola q peguei na padaria.
Após as ‘compras’ que duraram uns 5 minutos entrei aqui, lavei meus legumes, cortei os pães e fiz belos sanduíches de mortadela, tomate e cebola. pela bagatela total R$ 1,60. Eles ficaram meio grandes então comi só um, o Outro fica pro lanche da tarde.

Anúncios

Música e almoço

Há músicas que alteram minha percepção das coisas. Neste momento ouço “Aria Sulla IV Corda” ou simplesmente “Air” de Bach. Amo esta música, é uma das minha favoritas de todas as favoritas. Tenho uma grande inclinação para as músicas de Chopin, principalmente os noturnos. Tenho um vinil de Chopin chamado “A arte apaixonada de Chopin”, é muito bom, mas está rachado na borda, de qualquer forma ainda dá pra ouvir, devo fazer mp3 com ele em pouco tempo, assim posso ouvir no iPod. Gosto do meu iPod, me dá centenas de horas de música e a bateria dura incrivelmente muito.

Acabei de almoçar, comi em um restaurante pequeno aqui no bairro onde trabalho. A comida não estava má, mas achei o frango frito seco demais. Não gosto de comer aqui. Acho que não há profissionalismo no atendimento, é tudo pobre de recursos, pessoas despreparadas e, além disso, outras coisas que não quero me lembrar no momento. Não me importaria de andar até o centro todos os dias para almoçar e voltar de lá (não que eu ache que vá encontrar coisa muito melhor), assim faço alguma atividade física e perco peso.

Bem, depois posto mais alguma coisa.